Olá amiguinhos, hoje vamos falar sobre filmes de GUERRA, confesso que não é realmente meu mote preferido para filmes, mas alguns são de tirar o folego, no cardápio de hoje temos coisas antigas e coisas novas, pegue sua arma e vamos ver no que dá.

Das Antigas: O Resgate do Soldado Ryan (Saving Private Ryan)

Vamos começar pelo melhor filme de guerra jamais criado na minha opinião, não venham me falar de Apocalypse Now nem de Platoon, o resgate do soldado Ryan foi lançado em 1998, com um elenco de estrelas, uma história maligna e um realismo indiscutivelmente foda, arrepiou os fãs de filmes de guerra.

O filme começa na praia de Omaha, no famoso “Dia D”, tiro comendo para todo o lado, gente morta a torta e a direita, os chucrutes lá em cima com as MG transformando os aliados em peneiras. Depois que a poeira baixa, o destacamento do capitão John Miller (Tom Hanks) é designado para achar um tal de Ryan, segundo os superiores, todos os 4 irmãos do Ryan morreram em combate e agora para dar o ultimo alento para a mamãe Ryan, eles devem achar um soldado no meio de uma guerra mundial.

Só ai já da pra sentir o pavor dos maluco.

Steven Spielberg fez um filme realista, dramático e cheio de ação, então se você gosta de qualquer um dos estilos, esse é um bom filme para se assistir, se já assistiu, também vale a pena ver de novo.

Nota 9

Trailler:

Das Antigas: Círculo de Fogo (Enemy at the Gates)

Ainda estamos na segunda guerra mundial, mas agora, vamos ver o mundo através de uma mira telescópica e em outro lado, mais precisamente em Stalingrado.

Tudo começa na tentativa da Alemanha de tomar Stalingrado da Russia, a mãe Russia está enviando seus jovens guerreiros para defender a patria e o socialismo, no meio de tudo isso está um magrão com um nome escroto que sabe atirar pra caralho, então, tem uma batalha maligna do mal, geral morre e o magrão se finge de morto em um chafaris, dali ele mata alguns chucrutes e vira herói do povão. A Alemanha que já não gostava de heróis mandou um outro tiozão que também sabia atirar pra caralho pra meter uma bala no magrão de nome escroto. Então eles passam o filme inteiro assim, um tentando atirar no outro, no meio tempo o bicho pega com a minazinha que também sabia atirar mas falava alemão, o outro cara lá de oculos se apaixona por ela, mas ela se apaixona pelo magrão de nome escroto, no final das contas ela quase morre quando o tiozão enforca o guri que gostava de chocolate.

Básicamente é isso, depois snipers trocando tiro no meio de uma cidade em ruinas.

Nota 6

Trailler:

Em um próximo post vou falar do novo filme do Justiceiro e uma série chamada “The Unit”, aguarde e confie ^^