Zen Pencils 180. James Rhodes: Será que não vale a pena tentar?


Após o inevitável…
Quantas horas por dia você pratica?
e o…
Me mostre suas mãos.
…a coisa mais comum que as pessoas me dizem quando sabem que eu sou um pianista é…
Eu costumava tocar piano quando era pequeno.
Eu realmente me arrependo de ter desistido.
Eu acredito que os escritores tenham perdido a conta de quantas pessoas lhes dizem que “sempre tiveram um livro dentro de si”.
Nós aparentemente evoluímos para uma sociedade de criatividade mal aplicada e de arrependimento.
Um mundo onde as pessoas simplesmente se renderam ou foram derrotadas pela submissão ao sonambulismo do trabalho…
…vida doméstica…
…pagamento de contas…
…comida ruim…
…tv ruim…
…tudo ruim…
…ex-esposas raivosas…
…crianças hiperativas…
…e as armadilhas de comer galinha no balde enquanto envia um email para o cliente às 20h em um fim de semana.
Faça as contas.
Nós podemos funcionar, às vezes brilhantemente,…
…com seis horas de sono por noite.
Oito horas de trabalho foram o suficiente por séculos.
Ah, a deseperadora ironia que passamos a trabalhar mais horas com a invenção da internet e dos celulares.
Quatro horas dão conta suficiente de pegar as crianças…
…limpar a casa…
…comer, limpar…
…e vários etcéteras.
Ainda nos restam seis horas.
360 minutos para fazer o que quisermos.
Será que o que queremos é simplesmente nos entorpecer e dar mais dinheiro para televisão?
Navegar pelo Twitter e Facebook procurando por romance, amizades, gatos, previsões do tempo, obituários e fofocas?
Ficar nostalgicamente bêbado em um bar onde não se pode nem fumar?
(Rick Chong agora mesmo. Encontrei essa foto antiga, irmãozinho. Você era tão talentoso!!! #prodígio #pequeno beethoven com Eddie Chong.)
E se você pudesse aprender tudo que é necessário para tocar piano em menos de uma hora?
Algo que o falecido e grandioso Glenn Gould alegava e que eu acredito ser verdadeiro.
O básico de como praticar e como ler música…
…a mecânica física do movimento dos dedos e da postura…
…todas as ferramentas necessárias para tocar uma peça…
Elas podem estar escritas e ser aprendidas como um manual passo a passo.
E então cabe a você gritar e uivar…
…e martelar as unhas com os dedos…
…na esperança de decifrar algo irrelevantemente estranho até que…
…se você tiver muita sorte…
…você pode terminar com algo que se assemelhe, pelo menos em parte, com o produto final.
(Recital de Piano apresentando Eddie Chong)
E se, por um valor razoável, você conseguisse comprar um piano usado online?
E então te dissessem que com um bom professor e 40 minutos de prática correta por dia…
…você poderia aprender uma peça que sempre quis tocar em questão de poucas semanas?
Será que não vale a pena tentar?

Texto © James Rhodes
Arte © Gavin Aung Than
Tradução © Uninuni.com

Confira as outras ilustrações do Zen Pencils.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *