Nós do UNINUNI não costumamos localizar aquilo que nós falamos. Tentamos ser meio abrangentes.

Mas hoje, como representante UNINUNI nas terras da guanabra, vou comentar sobre uma coisa que notei ultimamente nos jornais.

Primeiro roubaram os óculos do Drummond. Alias, roubaram DUAS VEZES!

“My eyes! I´m BLIND! I´m BLIND!”

Cada reposição custa à prefeitura R$ 3 mil.

Aí, depois, roubaram a placa de Bronze da estátua do Bellini, que fica em frente ao Maracanã.

“A taça do mundo ainda é nossa, só levaram a placa… dessa vez.”

E, agora, conseguiram levar um candelabro de bronze, que pesava 200kg e tinha dois metros de altura, no Leblon.

“Há! esse aqui eu duvido alguém levar… cadê?”

Se continuar neste ritmo, semana que vem vão levar um dos bondinhos de Santa Tereza…

Ou quem saber os cabos de aço do Pão de Açucar.

Sorte do Cristo Redentor ele ser feito de Pedra-sabão… porque se não…

“Ufa! Dessa eu escapei…”

Seria cômico, se não fosse trágico.

Mas patrimônio público é de ninguém, não é?

Até a próxima.