O jornal “The New Yorker” divulgou um video que mostra como o gerente de produção da McGraw-Hill, Nicholas White, ficou 40 horas preso dentro do elevador da empresa.

Ele saiu do seu escritório no 43º andar para fumar um cigarro no terreo numa sexta-feira, quando subia pelo elevador de volta ao seu local de trabalho o elevador parou e ele ficou preso até a segunda-feira. Ele aciona o alarme que, depois de um tempo provoca alucinações auditivas, ele é visto algumas vezes deitado em posição fetal.

Ele estava sem celular e preferiu não fumar para não agravar o quadro de estar preso entre dois andares. Quem já ficou preso dentro de um elevador sabe como é agoniante, imaginem dois dias.

É pertubardor.

Até a próxima.