O caso Nicholas White


O jornal “The New Yorker” divulgou um video que mostra como o gerente de produção da McGraw-Hill, Nicholas White, ficou 40 horas preso dentro do elevador da empresa.

Ele saiu do seu escritório no 43º andar para fumar um cigarro no terreo numa sexta-feira, quando subia pelo elevador de volta ao seu local de trabalho o elevador parou e ele ficou preso até a segunda-feira. Ele aciona o alarme que, depois de um tempo provoca alucinações auditivas, ele é visto algumas vezes deitado em posição fetal.

Ele estava sem celular e preferiu não fumar para não agravar o quadro de estar preso entre dois andares. Quem já ficou preso dentro de um elevador sabe como é agoniante, imaginem dois dias.

É pertubardor.

Até a próxima.

5 ideias sobre “O caso Nicholas White

  1. Troile  

    Alguem vai ser processado malignamente ai nesse esquema. Eu acho que eu iria tentar sair por cima, ou algo do tipo. Ainda acho que o maluco ficou relativamente quieto.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *