Lei quer criminalizar Fansubbers


Ao aprovar o projeto Substitutivo ao PLC 89/2003, PLS 137/2000 e PLS 76/2000, redigido pelo Senador Azeredo, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara quer transformar milhares de internautas em criminosos.

O Senador Azeredo quer tornar uma das atividades mais criativas da Internet em ato criminoso. Quer transformar os fansubbers, os fanfictions e a tradução de séries de TV em crime. O Senador considera que traduzir um Mangá é um crime tão grave como invadir um banco de dados e subtrair dinheiro de um aposentado.



Milhares de jovens e adultos participam de grupos de Fansubbers traduzem animes (desenhos animados) do japonês para o português. Eles legendam estes desenhos e distribuem gratuitamente pela rede. Trata-se de um fenômeno mundial e muito popular no Brasil. Jovens, Advogados, médicos, engenheiros, universitários, com idade entre 16 e 35 anos, serão considerados criminosos assim que o Substitutivo do Senador Azeredo for aprovado no Plenário.


Além dos fansubbers, o Senador Azeredo quer colocar na prisão também os criadores de Fanfics ou Fanfictions. São ficções criadas por fãs de uma série de TV ou cinema qualquer. Pessoas comuns fazem o que Walt Disney fez com os Irmãos Grimm, recriam seus contos e estórias, mas fazem por hobby, sem intenção comercial. O fanfic são contos ou romances escritos por quem gosta de determinado filme, livro, história em quadrinhos ou quaisquer outros meios de comunicação. Somente um dos sites mais interessantes de Fanfic em português, criado em novembro de 2005, conta com aproximadamente 7,511 histórias (24,081 capítulos e o impressionante total de 37,620,962 palavras). Este site e centenas de blogs estarão na mira do substitutivo do Senador Azeredo.
Clique AQUI para assinar a petição contra essa lei

Vi pela primeira vez no FHBD

5 ideias sobre “Lei quer criminalizar Fansubbers

  1. jet  

    Políticos são assim mesmos não fazem p***a nenhuma, desviam dinheiro para contas no exterior e ainda para mostrar que estão trabalhando ficam criando leis inúteis, sem nenhum sentido, porque ao invés disso não melhoram esse sistema de saúde precário e a educação do brasileiro???!

    Responder
  2. cottonboy  

    Aí vem a industria faz propaganda pra dizer que “a culpa é do consumidor”, cmo se isso fosse acabar com a pirataria husahsuahsaushuahsua

    Responder
  3. Badger  

    Um exemplo claro disso é o Walmart nos EUA e no Canadá. Eles tem preços tão baixos que nenhum camelo consegue concorrer. Imagina só, DVD Player por U$15,00. Não tem pirataria que aguente =)

    Responder
  4. Troile Autor do post 

    Concordo plenamente a pirataria está ligada diretamente aos preços dos produtos. Eu iria preferir mil vezes pagar um preço um pouco mais caro e ter o original. Se bem que ainda iria baixar algumas coisas só pra ver se são boas ;D

    Responder
  5. Badger  

    Eu sou da época em que os fansubbers traduziam e legendavam em VHS, e faziam isso apenas com as séries que não eram exibidas no Brasil. Ainda não existia isso de baixar na internet um episódio que saiu na mesma semana no Japão.

    O fato dos fãs terem iniciado esse processo de veiculação entre amigos, foi o que abriu o mercado brasileiro para animes e mangás. Agora eu pergunto, se no Brasil o preço dos mangás/dvd’s não fosse tão alto, que não iria preferir comprar o original?

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *