Ao “enganar neurônios” especializados em detectar estímulos que se deslocam, certas imagens nos fazem perceber movimento onde ele não existe.

O psicólogo e artista japonês Akiyoshi Kitaoka, da Universidade Ritsumeikan, em Tóquio, desenvolveu uma série de imagens chamadas “cobras girando”, que são particularmente eficazes para produzir ilusão de movimento.

Essas adoráveis ilustrações nunca deixam de intrigar homens e mulheres de qualquer idade. Mas por que essa ilusão acontece? Ninguém sabe ao certo. O que sabemos é que os estranhos arranjos baseados em contraste devem de alguma forma ativar “por engano” os neurônios que detectam movimento. Isto é, os padrões de claro e escuro enganam o sistema visual, fazendo com que se veja movimento onde nada se move. (Não se preocupe caso não veja o movimento; algumas pessoas realmente não conseguem percebê-lo e nem por isso são menos saudáveis.)

agora veja se isso não dá uma puta dor de cabeça?

se aproxime e se afaste da imagem para ver girar

até a próxima