tia.jpg

Olá minha gente linda que acessa esse blog maravilhoso, como vocês estão? Espero que todos estejam maravilhosos, lindos e japoneses! Bem, está chegando uma nova época para todos, o Carnaval! E neleaparecem novas dúvidas, sobre como agir, como paquerar, o quanto beber, para onde ir, enfim muitas coisas que nos deixam sem realmente saber o que faze, mas acalmem-se que a titia está aqui para ajudar vocês.

1 – Como agir/paquerar
Primeiro, lembrem que é Carnaval e não a festa da orgia organizada, ok? Se você quer beijar, dançar e ainda sair com o mínimo de sua dignidade siga esses passos para manter o mínimo de classe. Não vá para uma festa e fique andando como se estivesse na pista pra negócio ou com uma placa dizendo PASSE LIVRE em cima de sua cabeça. Jogue um charme, balança o cabelo, dê uns sorrisos discretos e mantenha a cabeça empinada e quando você conseguir aquele bofe escândalo ou aquela menininha não vá com sede ao pote, pois é coisa de gente desesperada. Seja fino, seja classudo, conversa um pouco, ofereça um drink, pois você não quer ficar uma festa inteira com uma cabeça de vento que o máximo de assunto que tem é quando você comenta do programa da Xuxa, não é? Então lembrem-se do mantra da tia: “Faz carão, balança os peitos, empina a bunda e bate cabelo“.

2 – Bebida
Aqui é um tópico perigosíssimo! Já que a bebida é algo muito bom e libertador, não é? Mas aí estamos no mesmo dilema das dicas passadas, qual seja..querem dar uma de Helena Roitman e já ficar conhecido como o pudim de cana do local? Acho que não, bonitinhos! O que importa é vocês terem classe, se pegarem uma bebida, continuem com ela até o final e mantenham a postura. Por exemplo, se começarem na cerveja terminem a noite apenas bebendo ela, pois a pior coisa é ter uma pessoa que a cada momento está com uma bebida diferente parecendo emergente que quando vê quando novo tem que sair provando (ARGH!). Então, seja fino, ofereça uma bebida para sua/seu paquera, mas please não o que você tem em mãos, ofereça uma nova bebida, impressione de início para atingir o seu objetivo, tá? 😉

3 – Dinheiro
Ah, se você acompanha as minhas dicas vai entender o que vou dizer a seguir, jamais pague a Rosana! Isso além de cafona, mostra que você está disponível para qualquer negócio, o que acontecer você está disponível e não importa a beleza da pessoa. Eu sei que falam que beleza não põe mesa, mas nunca vi uma pessoa que quisesse comer no chão se é que me entendem.
Enfim, saiam com suas economias, quebrem os porquinhos, peguem dinheiro, mas quando forem sair, estejam apenas com o essencial no bolso, nada de levar dinheiro demais, pois nunca se sabe quem vamos encontrar pela frente. E com dinheiro no bolso as dicas 1 e 2 se realizam sozinhas!

Essas foram as minhas dicas para o Carnaval, então caiam no samba, no axé e no frevo! Escolham o seu ritmo e não esqueçam que o único excesso permitido é o de felicidade, hein? Antes de sairem, vamos dar uma olhada em uma reflexão sobre o frevo que o Malkav fez? Bem, cliquem aqui.