Um rapaz chamado Boltron bateu uma foto a cada mais ou menos 3 Km entre a decolagem em São Francisco e o pouso em Paris. O avião sobrevoa a Groenlândia e o Círculo Polar Ártico, onde é possível ver a Aurora Boreal de ambos os lados do avião, o que explica que foi possível capturar as imagens mesmo fotografando na direção Sul.

As fotos da decolagem e aterrissagem foram renderizadas por computador porque é proibido o uso de aparelhos eletrônicos nesses momentos. Agradecimentos especiais aos passageiros vizinhos que não se importaram de ouvir um click a cada 2 a 30 segundos durante 11 horas, e agradecimentos ao pessoal da Air France por toda atenção dispensada.