Ontem fui ao cinema ver o novo filme do Batman, grande expectativa, já tinham lançado um trilhão de virais sobre o filme, toda semana lançavam um trailer novo, todos os DCnetes ( Fãs de personagens da DC) estavam loucos para assistir o filme, julho demorando pra chegar e todo mundo doido.

Eis que julho chega, Batman chega aos cinemas chutando os recordes de bilheteria pro alto, o Homem-Aranha agora pode definitivamente descansar em paz, por que o Batman arregaçou o lançador de teias logo no primeiro dia. Quem foi assistir na estréia disse que quase ficou louco com a maravilha do filme, quem não assistiu ainda está praticamente babando, como eu estava, infelizmente não fiquei assim por muito tempo.

“Bem vindo a um mundo sem regras, e sem Batman também”

Acho que Batman: The Dark Knight foi a maior decepção cinematográfica do ano para mim, eu sinceramente esperava muito mais do filme. Assim como todos que tiveram a oportunidade de assistir qualquer trailer do filme, eu já sabia que o Ledger ia botar pra fuder como Coringa, muito provavelmente superar o Jack Nicholson que também fez o papel com maestria em 1989 no primeiro filme do Batman, o que eu não sabia é que só o Ledger ia botar pra fuder.

Veja bem, eu adoro o Coringa, acho o vilão mais bem bolado dos quadrinhos, todos os nuances de personalidade do personagem, as loucuras, o humor extremamente negro e violento, ele é o vilão ideal para um herói traumatizado, psicótico que se veste como um rato voador para combater o crime, a questão é, o filme não é sobre o Coringa, pelo menos não deveria ser, o filme é do BATMAN caralho!

Não vou dar uma sinopse aqui, se não estraga a surpresa de quem ainda pretende assistir, então vou me ater só aos fatos que me levaram a ficar decepcionado com o filme.

“Não gostou do filme? Vamos botar um sorriso nessa cara!”

Primeiro um comentário rápido sobre as mudanças de origens dos personagens, já fiquei puto no primeiro filme quando o diretor inventa que o Batman aprendeu a meter porrada com o Ras Al Ghul e só, quando na realidade o Batman aprendeu mais de 19082319823 estilos de luta pelo mundo a fora, sem falar outras línguas e técnicas de detetive místicas e fenomenais.

Por sinal uma coisa que nem passa perto desse filme é o lado de “Maior Detetive do Mundo” que o Batman tem, nem nesse nem nos outros diga-se de passagem, um ponto que eu acho crucial para produzir algo que preste do Batman. Ele anda por ai com um carro tanque metendo porrada nos vagabundos com sua armadura, ARMADURA. Ele mesmo se refere ao UNIFORME como armadura, bota uns jatos ali no pé uma luz no peito e o cara tá ali ali com o homem de ferro. Engraçado como um dos maiores lutadores marciais do mundo não consegue virar a cabeça.

Uniforme Clássico do Batman

Não estou dizendo que tinha que ter esse uniforme escrotão no filme, mas algo que lembra-se um uniforme já tava bom.

Agora os atores, o filme tem um ótimo elenco, Cristian Bale que interpreta o Batman não é nenhuma maravilha, mas com certeza está a altura do papel, provavelmente ele sairia melhor se dessem a chance para ele interpretar as noias do Batman. O carinha que faz o Duas-Caras estava indo muito bem, até virar o duas caras, que deveria ser um dos vilões mais violentos do Batman, ele até dá uns grito lá com a mulecada mas fica por ai mesmo. Morgan Freeman que faz o Lucious Fox e o tiozão que faz o Alfred também são atores do caralho, mas infelizmente o Freeman passou batido e o Alfred passa o filme inteiro largando frases de efeito. Gary Oldman, o cara que interpreta o comissário Gordon também é bastante conhecido por ser um bom ator, mas nesse filme foi ofuscado também, nem vou comentar a minazinha que só está no filme para eles poderem socar uma origem no Duas-Caras.

“Meu poster é o mais foda do filme”

E temos também o Coringa, interpretado pelo finado (HÁ rimou) Heath Ledger, que ficou conhecido com o papel que fez em Broke Back Montain, se tem algo que está realmente perfeito no filme, é ele. Ele estava tão bem no papel de Coringa que até fica difícil achar palavras para descrever. Todas as cenas em que o Coringa aparece, você esquece do resto, incluindo o Batman, fica dificil escolher a melhor cena do Coringa no filme, você vai ter que assistir e escolher a sua preferida. Digno de Oscar, sem brincadeira.

A questão que paira no ar é a seguinte: Por que o Coringa sempre rouba a cena? Ledger é o melhor ator de longe? Acho que não.

Eu responderia essa pergunta dizendo que basicamente é incompetência do diretor. Vamos voltar ao primeiro filme do Batman, que também tinha um Coringa muito bom, o famoso Jack Nicholson no papel, e no papel de Batman um ator ridiculamente fraco, que era o Michael Keaton, embora a interpretação do Nicholson seja ótima, a ponto de todos dizerem que seria difícil pro Ledger aparecer com algo melhor, ele não rouba a cena, simplesmente por que todos tem o seu espaço no filme. No ponto em que o protagonista deixa de ser protagonista você percebe que tem algo claramente errada com a direção da parada.

Enfim, o filme é bom, mas não é a melhor coisa do mundo, poderia ter sido melhor.

Nota 6 para o filme, nota 10 para o Coringa, média 8

Coisas para Baixar/Ler/Ver:

Trailer:

Download do Torrent do Filme (TeleSync -Audio 6 Video 8)

Batman na Wikipédia

Download do Torrnet dos Desenhos: Batman Gothan Knight

Batman Feira da Fruta