Frevo

Muitos já devem estar sabendo que o Frevo completou 100 anos este carnaval, eu mesmo não dava a mínima, tanto que só fiquei sabendo numa das sentadas de mesa este carnaval.
Isso me deixou intrigado quanto à origem do frevo, não se enganem pela óbvia máscara gloriosa que foi posta para esconder a vergonhosa origem desta dança típica de Pernambuco.

Eis os fatos:
1- Dizem que o frevo surgiu em meados do século XIX… tudo bem, até aí posso concordar, 100 anos de frevo, 1 século…
2- Dizem que o frevo era uma variação da capoeira devido à repressão da milícia na época… pois eh, sabe q eu acho? BULLSHIT!!!! Porra nenhuma, nunca vi ninguém dançando frevo e dando cambalhotas, isso que eu digo.
3- Dizem que existiam 2 clubes de carnaval em Pernambuco, os Vassourinhas e os Lenhadores e que os “capoeiristas�? utilizavam os símbolos do clube para acompanhar a dança, e mais tarde isso teria sido substituído pelos guarda-chuvas… novamente, sabem q eu acho? BULLSHIT!!!! Porra nenhuuuuuuuuuuuuma, onde já se viu? A polícia ia perseguir uns malucos q treinavam capoeira, mas deixavam passar aqueles lenhadores carregando machados e dançando no meio da galera? Pqp

Agora, querem saber a verdade? Eis a verdade então, como todo carnaval os foliões estavam nas ruas se divertindo qdo de repente começa a cair um pé d’água, ninguém sabia o q fazer, se continuavam a desfilar e dançar nas ruas de Olinda, ou se corriam para se abrigar, foi qdo por ali passava um vendedor de MINI GUARDA-CHUVAS frustrado, já que nunca havia conseguido vender um dos seus mini guarda-chuvas por serem completamente inúteis, no entanto os foliões nada podiam fazer e compraram todos!!!! SIM TODOS, após isso claro inventaram o maldito passo de dança para tentar desviar das gotas de chuva com o pequeno e quase inútil guarda chuva… no entanto, a sincronia foi boa e acabaram por decidir carregar sempre os pequenos objetos que não pesavam quase nada e podiam ficar discretos nas fantasias de carnaval, tudo como precaução da chuva no carnaval, alguns anos mais à frente virou um passo de dança conhecido como Frevo.