Categoria "Festas"


Ô homem, vai buscar uma cerveja…

…antes que comece. Já vai começar. Comecei. Post de apresentação meu, Inês, mais uma menina com a missão de tentar movimentar e contribuir aqui. E como estou numa festa, cervejas, churrasco e amigos, vou ali beber umas e volto. Talvez ligeiramente alcoolizada, na verdade não sei como termina a noite. Enquanto isso, vou beber uma aqui em homenagem a todos os leitores, aqueles que estão aproveitando a noite de sexta em alguma, balada, bar ou na missa, casa de tia-avó, cinema ou em casa jogando de pijama. Ah, parabéns pro irmão do Malkav.

Até…

Zumbis no mundo real

 

Oh não zumbis invadindo o UniNuni!

Pois é as fotos tratam de um evento social popular em grandes cidades conhecido como “Zombie Walk”, ou para os mais fraquinhos em inglês a “Caminhada dos Zumbis”. Consiste basicamente em um monte de gente se fantasiando de zumbis e se encontrando num local e saírem mancando por ai, o evento já é realizado em poucos lugares do Brasil, tanto que esse ano vai ocorrer pela primeira vez no rio dia 02/11, uma nova versão será feita em São Paulo também mas ainda estão decidindo as datas, pra quem quiser saber mais tem duas comunidades no orkut tratando do assunto, Zombie Walk RJ e Zombie walk São Paulo. Queria muito que tivesse uma zombie walk aqui na terrinha, ia ser mor massa no dia de finados também, quem sabe não consigo convencer uma massa a participar? Só me faltava agora ter os contatos… Gogo manipulação das massas! Participe do Zombie Walk você também… é claro que a diversão é garantida! Afinal, tem coisa mais divertida que participar de uma multidão que manca e geme durante alguns KM?

 

Zombie Walk em Sidney

Macarronada de despedida pro Texugo

Estávamos a conversar na sacada do apartamento dos pais do Texugo e do Plucky:

Mãe do Troile: Ah, o Ney é tudo!
Troile: Ele é uma bixinha de shortinho de brim!
Morena pra MaLkAV: É, eu quase n vinha pra ca hj.
Mãe do Troile: Quem é uma bixinha de shortinho de brim?
MaLkAV pra Morena: Por que? Tua Mãe?
Mãe do Troile: MINHA MÃE?
Troile: VÓVÓ?
Doginho: Ela não era enfermeira?

E durante a o jantar…
Mestre: Mas eu sou onívoro, como tudo que passar na minha frente!
MaLkAV: EPA! Com menos de 14 não!
Plucky: Perai? O mestre é ovíparo?
Doginho: Ahn? O mestre põe ovos? Desde quando?
Don: É o convívio lá na roça que ta mudando ele.
Mama: Alguém passa o parmesão?

A gente ganha pouco, mas se diverte ;D

Cya l8r texugo, ate seu retorno aqui na terrinha =]

Festas: A flertadora acompanhada

Bom, agora vou falar de um assunto muito chato, porem comum nos butecos da vida.

Imagine a situação, você, sentado em sua mesa, batendo um papo descontraido com seus amigos e tomando aquela gelada e tal, quando derrepente, NÃO MAIS QUE DERREPENTE, você olha pra mesa ao lado e vê: um casalzinho se beijando… Bom até ai tudo bem, se não fosse por um pequeno detalhe, a menina, alem de estar beijando o cara, está olhando diretamente para você.

“Flertando com os outros ein safada…”

Então, primeira vez você deixa passar e tal, vai que ela tava apenas beijando de olhos abertos e você estava no campo de visão, só isso.

Mas não, a coisa começa ficar frequente, sempre que você olha, lá está, a maldita olhando pra ti… Nesse ponto chegamos a seguinte conclusão, FUDEU!

Pense da seguinte forma, uma pessoa acompanhada flertando contigo, digamos, equivale a ter uma cerveja estupidamente gelada, daquelas que só se vê em comercial, e não ter a porra do abridor.

Provavelmente a menina quer fazer um ciuminho, ou quem sabe meter o namorado em briga, nessa hora temos que ter muita cautela pra não se meter em confusão. Se você é um cara easy going e não gosta de briga nem bate-boca, meu conselho é o seguinte, mude de lugar, passe pra cadeira ao lado.

MAS, se você é barraqueiro, gosta de chutar o pau da barraca, ai sim caro leitor, não tenha pudor de seguir o Incrivel Manual Uninuni de Flertadoras Acompanhadas.

Vou apresentar alguns tópicos:

  • Quando ela não estiver olhando, de uma garrafada nela, ou no acompanhante e finja que não tem nada a ver com isso.
  • Caso o acompanhante for ao banheiro parta pro ataque, afinal, se ela está olhando algo ela quer.
  • Mande bilhetinhos pelo garçom dizendo que quer possuila e qualquer outro termo podre usado naqueles contos eróticos de revista vagabunda.
  • Chegue pro namorado/acompanhante dela e mande ele cuidar da mulher se não você vai entrar em cena.
  • Vire sua mesa, chame ela de vagabunda, o cara de corno, de um chute no cara e uma garrafada nela, isso sim amigo, vai ser uma loucura.

Pronto, seguindo essas instruções basicas você está automaticamente apto para viver na selva norturna de sua cidade.

Até o Lula, nosso querido presidente aprova essa técnica.

“Muito foda companheiros….”

 

 

O que é Uninuni?

Bem, vamos começar a fazer uma perguntinha para o pessoal que frequenta esse blog:

O que é UNINUNI para vocês? Isso mesmo, qual a cara do Uninuni.com ? Isso é uma pergunta que nós temos e queríamos saber a opinião de vocês, blz?

Então, vamos deixar esse post curtinho e vamos ver as respostas de vocês, ok?

Carnaval – The return 2ª parte

Bem, depois de acordarmos com a sinfonia de gemidos, e os gritos estranhos do Troile (?), despertamos e ficamos do lado de fora da casa refletindo sobre o que iríamos fazer durante todo o dia enquanto esperávamos a noite cair para irmos para a festa. Todos estávamos calmamente comendo o segundo pacote de pão de forma com presunto, queijo e margarina. (Dois sanduiches para cada, esse era o limite, mas o texugo respeitava? Nãooooooooo) O Mestre e a mãe do Troile chegaram e aí a farra começou mesmo, assim que eles aportaram na casa, que por sinal é deles, abrimos os trabalhos com um pouco de Vodca e refrigerante e assim foi durante todo o dia, até que resolvemos preparar 05 litros (!!) de puro suco gummy! Yeah, baby a noite tava apenas começando.

Depois de um bom banho, nos arrumamos e fomos direto para a festa na praia. Chegando lá, fomos direto até a casa do pai do Malkav e tomamos suco Gummy, eu particularmente estava a mil depois de beber vodca o dia inteiro, emendei no suco gummy, resultado? Bem, deu Game Over pro Doginho aqui! Eu caí numa rede e começei a dormir, mas ainda bem que tenho amigos que me contam tudo que acontece na festa, como por exemplo, o irmão do Malkav correndo de bikini pelo meio da festa. (Sinceramente? Eu fiquei feliz de estar dormindo nesse momento, não era uma visão que eu queria ter.) Acordei, desci um pouco, olhei ao redor e tive uma epifania (palavra difícil, né?) “Vou dormir..de novo!” Voltei a dormir até que o pessoal me despertou para voltarmos até a nossa Bat-Caverna, vulgo casa do Troile, no caminho eu estava tendo alguns momentos nostálgicos, como a lembrança do Cocota pendurado, já que ele não estava conosco….

cocota.jpg

Cocota pendurado do lado de fora do carro…que momento!

Lembrei de várias coisas, certas memórias que os Carnavais não irão apagar, muito menos os Carnavais regados a muito suco gummy! =P

Bem, chegando na casa fomos direto para os colchões, mas o Troile novamente se adiantou e começou a roncar primeiro, não sei o que aconteceu, mas uma palavra foi dita por mim no meio da noite quando rolava a sinfonia de roncos:

JESUS!!! @_@

Era assustador..mas o Carnaval valeu a pena e aguardem, pois mais festas estão por vir e nós estaremos lá! \o/

Carnaval – The return

Salve, salve meus leitores assíduos! Estou aqui para contar as aventuras do nosso QUINTETO FANT�?STICO durante o Carnaval.

Bem, tudo começou com umas compras básicas de 03 garrafas de vodca, ki-suco e água (sim, ia rolar suco gummy, pois viajar com restrição orçamentária é foda) então começamos nossa ida até a balsa para chegar na praia do Abaís (por sinal, vocês deveriam procurar se informar sobre ela, pois vale a pena.) na fila que estava extensa, extensa, extensa e extensa, resolvemos começar a beber, então eu pensei: “Por quê não? Uma cerveja!”

hpim0193_02.jpg

Mala do carro atochadinha de coisitas……/ui

E aí tudo começou, começamos a beber a cerveja, chegamos na casa, nos instalamos e decidimos ir até a cidade ver a movimentação do local, mas para nosso azar só tinha pessoas tocando um pagode (claro que eu e o Troile caímos na quebradeira, mas foi rápido =P) e três pessoas: 01 zebra, 01 jardineira e 01 laranja! Sem comentários a respeito, ok? Bem, depois de bebermos, resolvemos continuar a bebedeira em casa, mas quando chegamos lá, olha a grande idéia…Vamos fazer uma fogueira…?!?!?!?!

Isso mesmo, fizemos uma fogueira, imagina a cena: cinco pessoas depois de algumas cervejas, acendendo um fogo de chão e catando galho para que ela não se apagasse, era a maior lama que tínhamos alcançado, bem foi o que pensamos..então caímos no sono….ou melhor tentamos já que o Troile não ronca, ele simplesmente é tão egoísta que ninguém pode dormir, temos que ficar ouvindo o ronco dele! (Isso é um fato!!) Mas como o cansaço tava maior, começamos todos a desmaiar de sono, mas não antes do Guilherme fechar a porta e janelas para nos dar um pouco mais calor (por quê não?)

Ao acordarmos tivemos uma pequena sinfonia….

Doginho: “Hummm…..”

Guilherme:” Ahh……”

Troile: “Não papai, aí não…”

E é what?

To be continued……..

E a caravana toma seu rumo

Pois é pessoal, amanhã, ou melhor, hoje, estaremos indo curtir o Carnaval! O que nos aguarda? Sinceramente, eu não sei, mas sei que as histórias que vão acontecer lá, irão dar muito o que falar!!

Só para começar, imaginem a situação sem locomoção própria iremos enfrentar uma deliciosa viagem de buzú até o interior e depois vamos embarcar numa topic até chegarmos ao destino, onde iremos ter que fazer reconhecimento de terreno e estar preparados para o que possa acontecer e, do jeito que nossas farras são, tudo, eu disse TUDO pode acontecer! Quando voltarmos iremos dividir um pouco desse conhecimento milenar farrista com todos vocês, mas antes de irmos em definitivo decidir colocar aqui algumas frases e expressões que serão muito utilizadas nesse feriadão carnavalesco. Lápis e papel na mão, pois são muito importantes:

1 – TENHO MEDO!

2 – “Então..”

3 – “Aproveita que tá sonhando e pede um pônei!”

4 – “Repare a Porra”

Vou me despedindo por hoje, mas fiquem ligados que depois dos reclames do “plim-plim”, ou seja, nosso retorno (=P) esse blog ficará um pouco mais recheado…


Administração - Login