logo_galaxy_zoo.JPG

 

Com a internet conectando milhões de pessoas no mundo todo, diversas instituições de pesquisa passaram a contar com a ajuda dessas pessoas, que podem ajudar seus projetos científicos.

Essa ajuda pode vir através de programas que são instalados no seu computador e recebem dados pela internet, executam um processamento e enviam os resultados de volta. Para não atrapalhar o usuário, normalmente esses programas rodam quando vc não está usando o computador. Um dos exemplos mais conhecidos é o do projeto SETI@Home que busca sinais de vida inteligente fora da Terra.

Um outro jeito mais direto de ajudar é o utilizado pelo projeto Galaxy Zoo, que começou há poucos dias a recrutar voluntários para ajudar a classificar galáxias das imagens obtidas pelo telescópio Sloan Digital Sky Survey (SDSS) no Novo México. Neste caso o processamento utilizado não é o do computador, mas o seu! O cérebro humano é muito melhor para reconhecer padrões em imagens que os computadores (atuais), assim sua tarefa básica é classificar galáxias entre: elípticas ou espirais (e o sentido de rotação destas).

spiral_galaxy-galaxia_espiral_1.jpgelliptical_galaxy-galaxia_eliptica_1.jpg

Primeiro de tudo eles disponibilizam um Tutorial pequeno e simples para vc aprender como reconhecer e classificar as imagens. Em seguida, no final da página, vc faz um teste (é preciso ter se cadastrado) de reconhecer 15 imagens, se vc acertar 8 delas então vc está aprovado e pode começar a classificar as imagens de verdade, senão vc lê o tutorial e faz o teste denovo até conseguir. Eu acertei 14 das imagens do teste e já estou classificando várias outras =).

Mais uma coisa, além do teste para preparar as pessoas, esse tipo de pesquisa costuma apresentar uma mesma imagem para mais de uma pessoa, tudo para se ter uma classificação mais segura e evitar divergências.