death-proof

Ele tem cara de louco, ele dirige filmes feito um louco, ele escreve roteiros bem loucos… um cara que é fruto de um Italiano com uma descendente de índios Cherokees e Irlandeses tem que ser especial. Sei que já há um post aqui falando sobre Death Proof, mas esse filme é muito bom e porque não enaltecê-lo mais uma vez.

deathproof-poster

Uma coisa que já havia notado é que o Tarantino é meio tarado,  principalmente depois de assistir “Um Drink no inferno” onde a Salma Hayke faz aquela dança sensual em cima do  Richard Gecko interpretado por ninguém menos que o nosso cineasta Italiano/Cherokee/Irlandês.

2007_death_proof_005

6a00d83451b77e69e200e54f2cdc428833-800wi

Esse cara adora colocar mulheres gostosas em seus filmes (tudo bem, né?! Quem não gostaria? ¬¬), mas ele faz isso em Death Proof de uma forma plausível… Um moooonte de mulher gostosa junta! Outra coisa típica desse cara é violência gratuita. Podes crer… não tem o que fazer? Porque não perseguir e matar garotas gostosas? Ah! Sem falar de muito, mas muito sangue e vísceras e membros voando por aí. Aí vc coloca uma trilha sonora do caralho, algumas cenas de ação a “la Hong Kong”, referências aos anos 60, 70 e 80, tudo isso mesclado com a POP ART e Tcharam! Eis Tarantino em sua melhor forma! Pronto, tá aí uma boa idéia dos filmes Tarantinianos. Olha, longe de mim definir Tarantino… seria limitá-lo. Mas tem algumas características q um bom cinéfilo saberia reconhecer.

death-proof-05